Uma visão do céu

Inspire-se com um trecho de “Celebre o Natal com Jesus”, escrito por Max Lucado

Por Max Lucado em Celebre o Natal com Jesus

Uma cena grandiosa espera por você. O escritor de Hebreus nos apresenta uma visão ao estilo National Geographic do céu. Ouça como ele descreve o topo da montanha de Sião. Ele diz que quando chegarmos à montanha, chegaremos “à cidade do Deus vivo”, com “milhares de milhares de anjos”, “à igreja dos primogênitos, cujos nomes estão escritos nos céus”, “a Deus, juiz de todos os homens, aos espíritos dos justos aperfeiçoados, a Jesus, mediador de uma nova aliança, que fala melhor do que o sangue de Abel” (Hb 12.22-24).

Que lugar! Não vai ser ótimo ver os anjos? Final­mente conhecer a aparência deles e quem eles são? Ouvi-los falar das vezes em que estiveram ao nosso lado, até mesmo no interior de nossa casa?

Imagine o encontro dos primogênitos. Uma reu­nião de todos os filhos de Deus. Sem ciúmes. Sem competição. Sem divisão. Sem pressa. Nós seremos perfeitos… Sem pecado.

E imagine ver Deus. Finalmente, contemplar a face de seu Pai. Sentir o olhar do Pai em você.

Ele fará o que prometeu. “Eu farei novas todas as coisas”, prometeu ele. “Restaurarei o que foi tomado. Restaurarei os sorrisos obscurecidos pela dor. Repro­duzirei as sinfonias não ouvidas por ouvidos surdos e cada pôr do sol não visto por olhos cegos. Os mudos cantarão. Os pobres festejarão.

“Eu farei novas todas as coisas. Nova esperança. Nova fé. E acima de tudo, novo Amor. O Amor dian­te do qual todos os outros amores empalidecem. O Amor que você buscou em mil portas em mil noites diferentes… Este Amor que é meu será seu”.

Que lugar! Jesus estará ali. Acredite em mim quando digo que vai valer a pena. Nenhum custo é alto demais. O que for preciso fazer, faça. Pelo amor de Deus, faça. Vai valer a pena. Eu asseguro. Uma visão do topo justificará o sofrimento do caminho.

Fique por dentro!

O trecho que você acaba de ler foi extraído do livro Celebre o Natal com Jesus. Nele, Max Lucadocompartilha 30 leituras inspirativas diárias, passando por eventos importantes do ministério de Jesus e fatos narrados no Novo Testamento: do nascimento à crucificação, os milagres e a ressurreição, o caminho de Emaús, o chamado de Paulo, a visão do céu. Um roteiro de reflexões que recoloca o Salvador dos homens no centro das comemorações natalinas e leva o leitor a refletir sobre o papel essencial de Cristo na história da humanidade e na sua própria vida.

Conheça também:

O milagre do Natal

Por isso o chamam Salvador

Deus está aqui

Como sobreviver em um mundo repleto de más notícias?

16 de agosto de 2019

O que é Produção Editorial?

16 de agosto de 2019

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *